Pagina Inicial Cidades Gestão Municipal de Belém rebate calúnia sobre “sopa estragada” e promete reação na justiça

Gestão Municipal de Belém rebate calúnia sobre “sopa estragada” e promete reação na justiça

Viviann Sales – Secretária do Desenvolvimento Social de Belém/PB

A gestão da Prefeita de Belém, Renata Chris, voltou a ser bombardeada por setores oposicionistas com a acusação de ter distribuído sopa estragada para os beneficiários do Programa do Sopão.

A Secretária de Desenvolvimento Social, Vivian Sales, rechaçou com veemência a acusação e afirmou ser uma “questão de honra levar esse fato adiante.”, disse.

“Todos conhecem a seriedade do meu trabalho, seriedade essa que se aplica a minha equipe. Muitos criticam ou fazem julgamentos sem ao menos conhecer como é feito todo o preparo da sopa que servimos. ”, escreveu a secretária em uma rede social.

Vivian lamentou o que chamou de hipocrisia e maldade por parte de alguns, o que tem causado danos a vida das pessoas, como foi o caso da funcionária que trabalho no preparo da sopa que desde que a denúncia veio a público tem dado entrada nas unidades de saúde com problemas de pressão arterial.

“Com muita tristeza, confesso que fatos como este não foram os primeiros e nem serão os últimos. Simplesmente porque existe certos tipos de sentimentos ou atitudes que como seres humanos não dominamos, como por exemplo a hipocrisia e a maldade. […] enquanto criam horrores como este da sopa, uma funcionária mãe de família que todos os dias cuida da higiene dos alimentos que são utilizados na sopa, foi parar no hospital com um pico de pressão devido a calúnia que todos os profissionais que lá trabalham estão passando. ”, desabafou.

A Prefeitura através da Secretaria de Comunicação emitiu nota e prometeu adotar medidas jurídicas para coibir práticas caluniosas.

A denúncia – Uma senhora de nome Rosa Alves publicou um vídeo no facebook afirmando que a Prefeitura de Belém teria distribuído sopa com tapurus. O vídeo repercutiu nos meios de comunicação e a prefeitura o classificou como mera difamação e promete levar o caso a justiça.

Com ExpressPB