Pagina Inicial Destaque Agentes socioeducativos ficam feridos durante rebelião no Lar do Garoto, em Lagoa Seca, PB

Agentes socioeducativos ficam feridos durante rebelião no Lar do Garoto, em Lagoa Seca, PB

Agentes socioeducativos tiveram ferimentos durante rebelião no Lar do Garoto, em Lagoa Seca — Foto: Reprodução/Polícia Civil

Pelo menos 10 agentes socioeducativos ficaram feridos durante uma rebelião que aconteceu no Lar do Garoto nesta terça-feira (4). As informações de agentes feridos só foram confirmadas nesta quarta-feira (5) pela Polícia Civil. Os servidores tiveram ferimentos nos braços, pernas e rostos. Alguns precisaram de atendimento médico.

A Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) já havia confirmado, na noite de terça-feira, que 22 internos ficaram feridos. Três deles foram levados para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Segundo a unidade de saúde, a ainda na noite da terça-feira eles receberam alta médica. Eram dois adolescentes de 17 anos e um de 15 anos.

Imagens feitas pela Polícia Civil no interior do Lar do Garoto mostram como ficou a situação nos alojamentos. Paredes foram quebradas, grades arrancadas. Alguns agentes tiveram ferimentos mais graves nos braços e pernas e precisaram ter membros imobilizados. O material está sendo anexado ao inquérito.

Segundo a Fundac, essa semana o Lar do Garoto está com 96 internos cumprindo medidas socioeducativas. O local tem capacidade para 120 pessoas desde uma nova ala que foi inaugurada.

A Fundac já havia divulgado que está abrindo um procedimento administrativo para apurar a rebelião. Segundo o presidente Noaldo Meireles, a suspeita da fundação é de que a rebelião seria para uma tentativa de fuga, por causa da proximidade do início das festividades de São João em Campina Grande.

Durante a rebelião, a Polícia Militar confirmou que cinco adolescentes quase conseguiram fugir. Eles foram impedidos pelos policiais que usaram balas de borracha para evitar que eles conseguissem pular o muro.

Depois que a situação foi controlada nesta terça-feira, foi feito um procedimento de revistas dentro do Lar do Garoto, quando foram encontrados espetos, além de pedaços de madeiras e metal.

Rebelião no Centro Educaional Lar do Garoto, em Lagoa Seca, danificou estrutura. — Foto: Reprodução/Polícia Civil

Jornal da Paraíba