Pagina Inicial Notícias Cantor ‘Aldair Playboy’ é detido com revólver em João Pessoa, diz Polícia Militar

Cantor ‘Aldair Playboy’ é detido com revólver em João Pessoa, diz Polícia Militar

O cantor Aldair Brito da Silva, conhecido popularmente como Aldair Playboy, foi preso na madrugada desta terça-feira (26) na comunidade Boa Esperança, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. De acordo com informações da Regimento de Polícia Montada (RPMont) da Polícia Militar, o cantor foi flagrado portando ilegalmente um revólver calibre 38 durante a abordagem da polícia. O artista foi liberado após pagamento de fiança, segundo a polícia.

Revólver calibre 38, cromado, com três munições foi encontrado na cintura de Aldair Playboy, diz PM (Foto: Capitão Clecitoni Albuquerque/Polícia Militar da Paraíba )

Ainda de acordo com a Polícia Militar, a equipe da RPMont foi atender um chamado de perturbação do sossego na comunidade. Ao chegar ao local, os policiais se depararam com várias pessoas bebendo e com o volume do som do carro acima do permitido para o horário. Foi justamente nesta abordagem que a polícia encontrou o revólver na posse do cantor.

O revólver com três munições intactas e o cantor foram conduzidos para Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa. O cantor foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. O aspirante Vanderson, do RPMont da Polícia Militar, explicou que durante a abordagem o cantor explicou que usava a arma para segurança própria, tendo em vista que tinha dinheiro e frequentava comunidades, fazendo com que fosse um possível alvo dos assaltantes.

 

Revólver calibre 38, cromado, com três munições foi encontrado na cintura de Aldair Playboy, diz PM (Foto: Capitão Clecitoni Albuquerque/Polícia Militar da Paraíba )

“Na ocorrência, achamos estranho o fato de uma Range Rover [Evoque] estar parada na comunidade, com o som alto. Foi quando realizamos a abordagem e revistamos todos, incluindo as mulheres do local, porque tínhamos uma policial na equipe. Foi nessa revista que encontramos o revólver na cintura do Aldair Playboy”, relatou o policial que participou da ação.

Por não ter antecedentes criminais, o delegado do caso estabeleceu fiança e o cantor foi liberado após pagamento, ainda de acordo com o policial militar. “O cantor chegou a comentar conosco que havia pedido o porte de arma, mas agora diante desse apreensão da arma, pelo fato de ter optado pelas vias ilegais, ele deve ter essa solicitação prejudicada”, completou o aspirante Vanderson.