Nesta sexta-feira (15), Dia do Professor, a Assembleia Legislativa da Paraíba realizou uma Sessão Solene no auditório do Shopping SEBRAE em João Pessoa, para homenagear os professores e premiar os profissionais da educação que durante a pandemia, apresentaram as melhores práticas de inovação.

De autoria do deputado estadual Chió (Rede), a sessão contou com a presença do presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desportos, Anísio Maia (PT), da vice-presidente da Associação Paraibana de Imprensa, Karla Alencar, do presidente da UNDIME Michael Lopes da Silva, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais de educação, gestores escolares e os professores finalistas do concurso.

Uma homenagem às mais de seiscentas mil vítimas da Covid-19, e a realização de um minuto de silêncio pela passagem de Raquel Carneiro, esposa do deputado Estadual Bosco Carneiro (Cidadania), marcaram o início da sessão.

O deputado Chió parabenizou os vinte e cinco projetos inscritos de doze cidades paraibanas e ressaltou a importância dos professores para as mudanças necessárias que a sociedade brasileira precisa.

“Esses professores estão aqui hoje, porque não desistiram de fazer a diferença, todos são vencedores. Quantos não precisaram se reinventar para que as escolas não perdessem alunos na pandemia. Quantos enxergaram oportunidade no momento em que só havia dificuldade. E esse projeto foi a maneira que o nosso mandato encontrou, através da ALPB, para valorizar aqueles que formam todas as outras profissões. A educação é a minha bandeira de vida e um compromisso primeiro do nosso mandato”, enfatizou Chió.

As escolas premiadas em primeiro, segundo e terceiro lugar receberam respectivamente R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 20 mil reais em Emendas Parlamentares Impositivas do deputado estadual Chió (REDE). Já os professores premiados de primeiro ao quinto lugar, receberam Troféus, Moção de Louvor na Assembleia Legislativa da Paraíba, Kits Multimídia e terão suas técnicas inovadoras divulgadas permanentemente em um banco de novas práticas.

“A inovação não é somente a tecnologia, é o desejo de levar um despertar novo para o aluno. É nisso que acreditamos nesse mandato, em uma educação com propósitos”, destacou a coordenadora do Inova Professor, Eloíza Lima.

Emocionado, o professor Fabiano Cassimiro, da cidade de Pilões, foi o grande vencedor do concurso Inova Professor com o projeto ‘Tem leitura, sim senhor!’. “Foi uma experiência única ter participado do projeto. Agradeço ao deputado estadual Chió pela iniciativa que ajudou a Paraíba a conhecer verdadeiras joias que estão escondidas nas escolas paraibanas, cujas práticas servirão como exemplo para serem adotadas em outras escolas. Nossa comunidade escolar está em festa”, comemorou o professor.

O prefeito e a vice-prefeita de Remígio, André Alves (PDT) e Luciana Soares (Rede); o prefeito de Picuí, Olivânio Remígio (PT), a prefeita de Pilões Socorro Brilhante (PP), além do prefeito de Frei Martinho, Tião Pinto (Cidadania), prestigiaram a solenidade, que contou ainda com a presença da vereadora de Casserengue, Suenya Rosa (PSB), vereadora Ana Kelly (Cidadania) de Araçagi, secretários Municipais de Educação, gestores escolares, além da coordenadora adjunta do projeto Inova Professor, Gizélia Lima.   

Confira os projetos vencedores:

1º LUGAR

PROFESSOR – Fabiano Cassimiro dos Santos

PROJETO: Tem leitura, sim senhor!

ESCOLA: Escola Municipal de Ensino Fundamental Alcides Lourenço – Pilões

 

2º LUGAR

PROFESSOR: Erlã Costa da Silva

PROJETO: Atletismo Sustentabilidade: Relato de Experiência com os alunos do 6° ao 9° ano da EMEF João Belo Alves, Picuí – PB.

ESCOLA: Escola Municipal Ensino Fundamental João Belo Alves – Picuí/PB

 

3º LUGAR / EMPATE

PROFESSORA: Alécia Silva Barros

PROJETO: Coral e Cia da Voz

ESCOLA: Escola Municipal de Ensino Fundamental Estanislau Eloy – Remígio/PB

 

PROFESSORA: Judite da Silva Ribeiro

PROJETO: Ensino do retorno Híbrido: Uma intervenção de empatia no processo de ensino aprendizagem para pessoas com deficiência.

ESCOLA: Escola Municipal de Ensino Fundamental Fernando Macena da Silva – Casserengue/PB

 

4º LUGAR

PROFESSOR: Jailson da Silva Cardoso

PROJETO: Apenas um Click: Pilões na perspectiva dos adolescentes.

ESCOLA: Escola Municipal de Ensino Fundamental Vereadora Neusa da Silva Cardoso – Pilões/PB

 

5º LUGAR / EMPATE

PROFESSORA: Maria do Socorro Alves Tavares.

PROJETO: Homenagem ao Nordeste

ESCOLA: Escola Estadual de Ensino Médio Monsenhor Walfredo Leal – Pirpirituba/PB

 

PROFESSORA: Rosilene Leonardo da Silva

PROJETO: Crônicas que contam nossa história. Um projeto inspirado na

Obra de José Lins do Rego: menino de engenho – uma leitura da identidade cultural.

ESCOLA: Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Iracema Marques de Lima – Princesa Isabel/PB

 

Fonte: Assessoria de Comunicação

Deputado Estadual Chió (Rede/PB)

O preço do gás de cozinha vai aumentar e passará a custar R$ 119 neste sábado (16), na Paraíba, de acordo com o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás (Sinregás) Marcos Antônio.

De acordo com os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgados no dia 8 de outubro pelo IBGE, no acumulado nos últimos 12 meses até setembro, o preço do gás de botijão avançou 34,67%. No começo do ano de 2021, o botijão custava, em média, R$ 85.

O presidente da Sinregás explicou que o aumento não vem da Petrobras e está relacionado à cobrança do ICMS que é praticado pelos estados. “Toda vez que a mercadoria aumenta a sua base de cálculo, no resultado final são mais impostos”, diz Marcos Antônio.

Esse já é o décimo aumento do ano e, sem contar esse novo reajuste, o gás de cozinha já subiu cerca de 47,1%. desde janeiro. Na segunda-feira (11), também houve um reajuste de 7% anunciado pela Petrobras.

A Lei 12.082/2021, de autoria do deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), publicada no Diário Oficial tornou a cidade de Bananeiras um Município de Interesse Turístico da Paraíba. Conhecida pela sua paisagem serrana e seu clima agradável durante boa parte do ano, ela tem atraído cada vez mais turistas. Com a classificação, o município tem mais possibilidades de receber recursos para investir no turismo, ampliando a geração de emprego e renda para a região.

“Além do clima mais ameno, o município oferece ainda muitos atrativos, como o turismo rural, visitas a cachoeiras, engenhos que produzem cachaça, um interessante túnel, trilhas, rapel, sítios arqueológicos, um conjunto arquitetônico de casarios preservado, uma belíssima igreja, comidas típicas da região, bons restaurantes e a famosa e concorrida festa de São João, em junho, que atrai milhares de turistas para a cidade. Por essas riquezas naturais e gastronômicas apresentamos esse projeto para que o município seja classificado como de Interesse Turístico”, destacou o deputado.

Além disso, Tovar lembra que o município de Bananeiras é uma das cidades que compõem a Rota Cultural Caminhos do Frio na Paraíba, oferecendo aos visitantes, durante os meses de julho a setembro, uma ampla programação cultural.

Bananeiras está localizada no estado da Paraíba e, segundo estimativa do IBGE, possui 21.269 habitantes e uma área de 255,641 km². Situado na Serra da Borborema, região do Brejo paraibano, a 141 km de João Pessoa e a 70 km de Campina Grande, o município foi fundado em 16 de outubro de 1879.

História – A Resolução do Conselho do Governo datada de 9 de maio de 1833 criou o Município de Bananeiras, verificando-se sua instalação em 10 de outubro do mesmo ano. O distrito foi criado pela Lei provincial n.º 5. de 26 de maio de 1835. A Lei provincial n.º 690, de 16 de outubro de 1879, concedeu foros de cidade à sede municipal.

A região foi no início produtora de cana-de-açúcar e depois de café. Em 1852, a produção cafeeira chegou a ser a maior da Paraíba e a segunda do Nordeste. Isto tornou a cidade uma das mais ricas da região, riqueza esta expressa na arquitetura de seus casarões.