Recebido na manhã desta terça-feira (11) pela diretoria do Departamento de Estradas e Rodagens da Paraíba, o deputado estadual Chió (Rede/PB) pautou obras importantes para a região do Brejo paraibano.

Em audiência com José Arnaldo Souza Lima, diretor de Planejamento, Armando Duarte Marinho, da Diretoria de Operações, e Aluísio Lucena Junior, da Gerência de Obras, o deputado agradeceu o avanço dos trabalhos na PB-079 e pautou novos pleitos de interesse da população local.

“A construção da nova PB-079 já é uma realidade e já que as máquinas estão rasgando o asfalto na região, trouxe outros pleitos importantes para o DER, que é o triângulo de Remígio, o triângulo da Universidade e o Binário de Arara. São grandes pedidos do povo para melhorar a segurança viária de pedestres, condutores e ciclistas”, explicou Chió.

O parlamentar ainda acompanhou o projeto da ciclovia que será construída na PB-079, como parte da obra que devolverá ao Brejo paraibano mobilidade e segurança viária. De acordo com Chió (Rede/PB), a ciclovia foi um pedido realizado pelo seu mandato, diante do número de ciclistas em toda região.

“Para a consolidação da Rota Turística Jackson do Pandeiro, precisávamos garantir atrativos junto ao Estado, e a PB-079 será a primeira rodovia da Paraíba a ganhar uma ciclovia padrão. Essa conquista irá fomentar o turismo e a economia local, com pessoas buscando a liberdade de praticar o esporte em um dos cenários mais lindos da Paraíba, como é o trecho da PB-079 entre Areia e Remígio”, destacou Chió.

Recebido na manhã desta terça-feira (11) pela diretoria do Departamento de Estradas e Rodagens da Paraíba, o deputado estadual Chió (Rede/PB) pautou obras importantes para a região do Brejo paraibano.

Em audiência com José Arnaldo Souza Lima, diretor de Planejamento, Armando Duarte Marinho, da Diretoria de Operações, e Aluísio Lucena Junior, da Gerência de Obras, o deputado agradeceu o avanço dos trabalhos na PB-079 e pautou novos pleitos de interesse da população local.

“A construção da nova PB-079 já é uma realidade e já que as máquinas estão rasgando o asfalto na região, trouxe outros pleitos importantes para o DER, que é o triângulo de Remígio, o triângulo da Universidade e o Binário de Arara. São grandes pedidos do povo para melhorar a segurança viária de pedestres, condutores e ciclistas”, explicou Chió.

O parlamentar ainda acompanhou o projeto da ciclovia que será construída na PB-079, como parte da obra que devolverá ao Brejo paraibano mobilidade e segurança viária. De acordo com Chió (Rede/PB), a ciclovia foi um pedido realizado pelo seu mandato, diante do número de ciclistas em toda região.

“Para a consolidação da Rota Turística Jackson do Pandeiro, precisávamos garantir atrativos junto ao Estado, e a PB-079 será a primeira rodovia da Paraíba a ganhar uma ciclovia padrão. Essa conquista irá fomentar o turismo e a economia local, com pessoas buscando a liberdade de praticar o esporte em um dos cenários mais lindos da Paraíba, como é o trecho da PB-079 entre Areia e Remígio”, destacou Chió.

O deputado federal Julian Lemos (PSL) defendeu que o ex-juiz e pré-candidato à Presidência da República, Sergio Moro, se filie ao União Brasil para disputar as eleições deste ano. Atualmente, Moro faz parte do Podemos, sigla presidida pela deputada Renata Abreu, de São Paulo.

Para Julian, a chega de Moro à nova legenda seria ideal. Na semana passada, o ex-ministro esteve na Paraíba a convite do parlamentar e cumpriu agendas em João Pessoa e Campina Grande. O União Brasil será o resultado da fusão entre Democratas e PSL.

Ao O Antagonista, Lemos afirmou que, “se Moro ficar dentro de uma bolha partidária, seja de qual partido for, o projeto dele não terá êxito”.

“O que aconteceu em 2018 [quando Jair Bolsonaro ganhou a eleição sem tempo de televisão e sem estrutura partidária] não irá se repetir em 2022”, acredita o deputado.

Julian disse também que o projeto de Moro “precisa ser macro, e não um projeto partidário ou voltado para o Legislativo”. Ele defende, claro, que a União Brasil poderá garantir ao ex-juiz uma “aliança ampla, capaz de atrair o voto de centro”, partindo do pressuposto que a esquerda, com o ex-presidiário Lula, tem garantido em torno de 30% dos votos.

“Moro é um excelente nome, tem a envergadura moral que o presidente Bolsonaro não tem. E o povo brasileiro está aí, é o mesmo povo de 2018. Hoje, a maioria do eleitorado do país é anti-Lula e anti-Bolsonaro — os dois são, na realidade, a mesma coisa. Mas os eleitores, os parlamentares, os empresários que apoiam Moro, que acreditam na candidatura do Moto, querem ver robustez, solidez, viabilidade. Sem isso, o Moro não subirá muito além do próprio recall, que são esses 10% aí que aparecem nas pesquisas até aqui. Desde o dia da sua filiação ao Podemos para cá, o Moro não cresceu absolutamente nada nas pesquisas, nada. Porque esse recall de 10% pertence a ele, são 10% dele.”

O primeiro lote de vacinas Cominarty da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos deve chegar à Paraíba nesta sexta-feira (14). Na madrugada desta quinta-feira (13) a remessa com as doses para todo o Brasil desembarcou no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), após ter saído de Amsterdam, na Holanda.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba, o voo com as doses sai de São Paulo às 8h25 da sexta-feira, com previsão de chegada a João Pessoa às 11h35.

A Paraíba vai receber 23.600 doses da Pfizer destinadas à população de crianças entre 5 e 11 anos, que é estimada em mais de 300 mil. A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, no dia 16 de dezembro, a vacinação de crianças desta faixa etária.

Em 5 de dezembro, o governo federal divulgou as regras para a vacinação: ela ocorrerá em ordem decrescente de idade (das crianças mais velhas para as mais novas), com prioridade para quem tem comorbidade ou deficiência permanente e para crianças quilombolas e indígenas; sem necessidade de autorização por escrito, desde que pai, mãe ou responsável acompanhe a criança no momento da vacinação; com intervalo de oito semanas – um prazo maior que o previsto na bula, de três semanas.

A Secretaria de Saúde da Paraíba vai fazer, na sexta-feira, o treinamento da introdução da vacina Pfizer Pediátrica com enfermeiros e técnicos das salas de vacina das cidades. O objetivo é tirar as dúvidas sobre a aplicação e o treinamento vai ser online.

A vacina infantil tem uma coloração diferente da adulta, para facilitar a identificação, e também têm uma dosagem, composição e concentração menores. O intervalo entre as doses, entretanto, permanece o mesmo, de 21 dias.

A previsão da coordenadora do Núcleo de Imunizações do estado, Isiane Queiroga, é que a vacinação de crianças deve começar ainda neste fim de semana, com entrega semanal de doses pelo Ministério da Saúde.

Em João Pessoa, a campanha da vacinação infantil contra Covid-19 já começa no domingo (16), com pontos instalados no Parque Zoobotânico Arruda Câmara, a Bica, e no Parque Sólon de Lucena, a Lagoa, ambos os espaços com atrações infantis.

Foram apreendidos na noite desta quarta-feira (13), pela Polícia Rodoviária Federal na Paraíba, 188 kg de cloridrato de cocaína escondidos em um caminhão que saiu do Espírito Santo e tinha como destino o Rio Grande do Norte. A apreensão ocorreu durante abordagem realizada na Unidade Operacional da PRF em Mata Redonda, no município de Alhandra. Dois homens foram presos.

O caminhão foi abordado após uma denúncia anônima realizada para o telefone de emergência 191. Do outro lado da linha havia um motorista informando que o condutor de um caminhão-trator Scania de cor branca estava realizando direção perigosa e que acreditava ter visto uma arma de fogo.

Ao abordar o caminhão na BR 101, km 107, na Unidade da PRF em Mata Redonda, o condutor, um homem de 37 anos, já desceu do veículo agitado e alegando ser trabalhador. Os policiais iniciaram uma busca detalhada no veículo por uma suposta arma de fogo, localizando um fundo falso no interior da cabine, onde foi localizada toda a droga. Nenhuma arma de fogo foi encontrada.

O que chamou atenção dos policiais foi o tipo de droga encontrado e sua pureza. O cloridrato de cocaína é a versão mais pura da droga, de elevado valor para o crime organizado e que renderia uma grande quantidade de droga ao ser misturada antes da venda para o destino final.

Durante a abordagem dois homens foram presos em flagrante. O condutor, um homem de 37 anos, e o passageiro, um homem de 20 anos, não possuíam antecedentes criminais e deverão responder por tráfico de drogas. Eles, toda a droga aprendida e o caminhão foram encaminhados para a sede da Polícia Federal em João Pessoa.