Ex-presidente do Coren-PB e capitão da PM Ronaldo Beserra morre aos 45 anos com Covid-19

O ex-presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB) Ronaldo Miguel Beserra morreu nesta terça-feira (13), em João Pessoa, após ser diagnosticado com Covid-19. De acordo com a família, ele estava internado em um hospital particular da capital desde o dia 5 de outubro.

Ronaldo Beserra nasceu em Sousa, no Sertão, era técnico em enfermagem, enfermeiro, conselheiro do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e capitão da Polícia Militar da Paraíba (PMPB). Presidiu por duas vezes o Coren-PB e estava concorrendo às eleições da presidência do conselho deste ano, que vão acontecer em novembro.

O Coren-PB emitiu uma nota de pesar pela morte de Ronaldo, onde destacou que ele deixou um legado de luta pela valorização dos profissionais de enfermagem. “Um ser humano capaz de grandes feitos e um profissional que dedicou sua vida aos colegas. É um momento difícil para todos nós”, disse a presidente do conselho, Renata Ramalho, na nota.

O comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, também emitiu uma nota de pesar por meio de uma postagem no perfil dele no Instagram.

“É com tristeza que tomamos conhecimento do falecimento do capitão Ronaldo Miguel Bezerra. Profissional da saúde, empenhado na linha de frente de prevenção e combate ao Covid-19, apesar de sua experiência e dedicação, Deus permitiu sua passagem para um bom lugar, através dessa perda muito triste, enaltecemos os profissionais de saúde e segurança pública que perderam suas vidas para salvar tantas outras. Aos familiares e amigos, registramos nossos sentimentos mais escolhidos respeito e admiração, pois nos fará muita falta como amigo e companheiro de lutas diárias”, disse coronel Euller

Além de atuar na polícia e na enfermagem, Ronaldo Beserra também tentava atuar na vida política. Foi candidato a deputado estadual pelo Avante em 2018 e, este ano, era candidato a vereador pelo PSL.