Operação da PF desarticula grupo suspeito de tráfico na zona oeste de Campina Grande

Uma operação da Polícia Federal realizada na manhã desta quarta-feira (8) desarticulou um grupo criminoso suspeito de comandar o tráfico de drogas na zona oeste de Campina Grande. Segundo a PF, o objetivo foi cumprir 16 mandados de busca e apreensão e nove mandados de prisão, em Campina Grande e em Vitória de Santo Antão, em Pernambuco.

Segundo as investigações da operação, chamada de Aratanha II, o grupo também ocultava a origem ilícita do dinheiro do tráfico e realizava lavagem de dinheiro. A organização seria comandada por um assaltante de banco e traficante, que foi recapturado em abril de 2020, depois de ter escapado do presídio PB1 em uma fuga em massa ocorrida em 2018.

A primeira parte da operação, Aratanha I, aconteceu em abril de 2020, pouco tempo após a prisão do traficante. À época, a PF estava investigando o grupo suspeito de realizar assaltos a bancos e carros fortes no Nordeste.

A polícia não divulgou o número de mandados que foram cumpridos e nem quais foram os itens apreendidos, e os detalhes devem ser apresentados em uma entrevista coletiva, prevista para acontecer às 11h30 na delegacia da PF em Campina Grande.

Compartilhe esse matéria:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Matérias Relacionadas: