O vereador Antonio Mateus, Presidente da Câmara de Pilões, está convocando a população do município para colaborar com um abaixo-assinado que pedirá providências, através do Ministério Público, para a melhoria no sinal de telefonia móvel no município.

Conforme relatos dos cidadãos, há dias, a única operadora que disponibiliza sinal no município vem causando diversos transtornos pela falta de qualidade nos serviços e muitos estão se sentindo prejudicados.

Mateus publicou em suas redes sociais, um vídeo no qual avisa que o documento popular pode ser assinado na sede da Câmara e que após a coleta das assinaturas encaminhará o abaixo-assinado ao Ministério Público.

 

Na linha de frente no tratamento a pacientes com Covid-19, o médico Gustavo Lopes afirmou que não existe tratamento precoce contra a Covid-19. A declaração foi dada em entrevista ao radialista Eraldo Luís e Jefferson Cavalcanti, durante o Jornal da Integração na manhã desta quarta-feira (07).

Baseado em dados e estudos científicos, o médico afirmou que os tratamentos precoces contra a doença não são recomendados e nem reconhecidos pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Médica Brasileira (AMB).

‘Não existem tratamentos precoces, não se recomenda, mas se respeita a quem prescreve. Se fala na enrolação em dizer que a cloroquina ou hidroxicloroquina é a medicação de resolução do quadro. Se fosse dessa forma nós não teríamos as mortes que estamos tendo para uma pandemia que muitos chamam de uma gripe’, enfatizou.

Confira o trecho da entrevista:

O botijão de gás de cozinha vai subir mais uma vez de preço e passará a custar entre R$ 95 e R$ 100 na Paraíba. A projeção foi confirmada pelo presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba (Sinregás), Marco Antônio Bezerra: “O pior é que o produto não vai parar de sofrer reajuste”, disse.

Segundo Marco Antônio Bezerra, o produto passou a custar R$ 95 para quem compra à vista e mais de R$ 100 para quem costuma comprar a prazo ou dividido no cartão de crédito. Este é o quarto aumento no preço do gás de cozinha nos quatro primeiros meses de 2021. “O pior é que o produto não vai parar de sofrer reajuste, porque vem acompanhando a cotação do dólar, que também reflete nas movimentações da cotação internacional do petróleo. Na realidade esse novo aumento ocorreu na sexta-feira passada, mas o novo valor, em média de 5% a mais, passou a vigorar ontem”, comentou Marco.

A expectativa das companhias era de que houvesse uma diminuição do preço do gás, como foi anunciado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, no início de fevereiro. No entanto, não houve nenhuma redução nos impostos federais e quem está pagando a conta dos constantes aumentos é o consumidor.

Em nota, a Petrobras informou que os valores praticados nas refinarias são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. De acordo com a empresa, até chegar ao consumidor são acrescidos no botijão de gás tributos federais e estaduais, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores. O que torna o produto mais caro. Na Grande João Pessoa existem cerca de 400 revendedoras de gás de cozinha, e cabe ao consumidor pesquisar antes de comprar o produto, porque no Brasil os preços são livres, conforme alertou o presidente da Sinregás.

PB Agora

A Paraíba recebe nesta quinta-feira (8) mais 82 mil doses de vacina contra a Covid-19, de acordo com governador João Azevêdo. As doses vão ser enviadas pelo Instituto Butantan e pela Fiocruz.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PB), são 38 mil doses da Coronavac, do Instituto Butantan, e 44 mil da AstraZeneca, produzida pela Fiocruz em parceria com a Oxford. O anúncio da chegada das vacinas foi feito pelo Twitter do governador nesta quarta-feira (7).

De acordo com o painel de vacinação do Ministério da Saúde, 571.333 doses de vacina já foram aplicadas na Paraíba até a tarde desta quarta-feira (7). Segundo a SES-PB, o estado já recebeu 837.380 doses (dados de 6 de abril de 2021).

Nesta quinta-feira (8), começa a vacinação das Forças de Segurança que estão na linha de frente da pandemia. A vacina será aplicada nos agentes com menos de 60 anos pela própria Secretaria de Estado da Saúde em quatro cidades polos: João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa.

 

Foi sancionada nesta quarta-feira (7) pelo governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), a lei que estabelece a prioridade para o atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar no Instituto de Polícia Científica do Estado da Paraíba (IPC), visando a realização de exames periciais para constatação de agressões e outras formas de violência física. A lei foi publicada na edição desta quarta-feira (7) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Na propositura a deputada Camila Toscano (PSDB) se fundamenta nos artigos 5º e 7º da Lei Federal nº 11.340, de 7 de agosto de 2006, conhecida como Lei Maria da Penha e na Lei nº 13.104/15, denominada Lei do Feminicídio. “Sabe-se que os crimes de maus-tratos às mulheres têm crescido exponencialmente em nosso país”, argumenta Camila, ao justificar o projeto de lei.

A parlamentar acrescenta que os casos de mortes de mulheres investigados como feminicídio no país, em maio de 2019 representavam 50% do número de homicídios ou qualquer outro crime doloso que resulte na morte de uma mulher.

Na Paraíba, um total de 93 mulheres foram mortas por crimes letais intencionais na Paraíba de janeiro a dezembro do ano passado. Deste total, 36 casos estão sendo investigados como feminicídio. O número representa um percentual de 38,7% no número de feminicídios com relação aos assassinatos de mulheres. Os números são da Secretaria de Estado de Segurança e Defesa Social.

Jornal da Paraíba

O vereador João Marcelo (Cidadania) apresentou durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (06) requerimento solicitando, em caráter extraordinário, que a Sexta Cultural seja realizada de forma remota.

Em sua justificativa, João afirmou que a área do entretenimento é a que mais sofreu durante a pandemia e que a Secretaria de Cultura deve buscar meios de políticas públicas para os artistas que estão parados há cerca de um ano. O parlamentar afirmou ainda que a medida busca contribuir economicamente com o segmento cultural do município.

O requerimento de Nº 084/2021 foi aprovado por unanimidade.

Um homem teve a motocicleta e seu celular roubados durante um assalto na noite desta terça-feira (06) no Distrito de Rua Nova, município de Belém, no Agreste paraibano. A ação criminosa aconteceu por volta das 21h30.

De acordo com relato da vítima ao Portal do Brejo, dois suspeitos em uma moto o abordaram nas proximidades da Capela de Nossa Senhora da Pureza e tomaram, além da motocicleta, o celular. Ainda de acordo com a vítima, os dois homens estavam armados e encapuzados no momento da ação.

A vítima acionou a Policia Militar que realizou diligências no intuito de localizar os acusados, mas até o fechamento desta matéria nenhum dos suspeitos havia sido identificado, nem os objetos localizados.

A motocicleta é de modelo Honda Fan 125, de cor vermelha, ano 2010, de placa OFC 8884.

A Polícia pede a colaboração da sociedade para compartilhar qualquer informação lingando para o Disque Denúncia, no número 197 ou 190.