A Petrobras vai aumentar novamente o preço dos combustíveis em 20 dias. O anúncio foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro, durante entrevista coletiva realizada em Roma, na Itália, nesta segunda-feira (1).

“A Petrobras anuncia, isso eu sei extraoficialmente, novo reajuste em 20 dias”, disse Bolsonaro, para em seguida criticar a medida. “Isso não pode acontecer. A gente não aguenta, porque o preço do combustível está atrelado à inflação”, avaliou.

Bolsonaro criticou governos anteriores, como o de Michel, Temer, por atrelar o preço do combustível ao dólar e considerou o ICMS como sendo o vilão dos preços. O presidente ainda defendeu a privatização da Petrobras.

MaisPB

A senadora Daniella Ribeiro, Líder do Progressistas, enalteceu o turismo e riquezas naturais da Paraíba, durante audiência pública realizada na semana passada, na Comissão de Relações Exteriores, no Senado Federal. Daniella interrompeu a fala do senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) para dizer que a Pedra da Boca, que tem se firmado como um importante destino turístico, está localizado no município de Araruna, na Paraíba, e não no Rio Grande do Norte, como deu a entender em sua fala o senador.

A defesa fervorosa de Daniella arrancou risos dos demais senadores e dos presentes à audiência. A senadora foi chamada de braba, em tom de brincadeira, pelo senador Styvenson, ao lembrar, de forma enfática, que a Pedra da Boca fica na Paraíba.

Em sua fala, Daniella explicou que a Pedra da Boca tem se firmado como destino turístico importante para a região, que dispõe de uma rede estruturada de hotéis, restaurantes e guias voltados para atender os turistas. Ela disse ainda que foi solicitada uma escada para o destino turístico, e sugeriu que esse trabalho seja feito em conjunto como roteiro integrado entre os dois estados.

Potencial da Paraíba

Daniella reconheceu a iniciativa da senadora Kátia Abreu pela realização da audiência pública. “Como paraibana, quero dizer do nosso orgulho e da nossa alegria em revelar os talentos da nossa Paraíba para o Brasil e para o mundo”, declarou. Daniella, ainda na audiência, destacou o município de Campina Grande, que é candidata ao Selo Unesco de Cidade Criativa, na categoria artes midiáticas.

Dentre os muitos convidados na audiência pública na Comissão de Relações Exteriores, participaram o chef de cozinha Cumpade João, da Paraíba, ao lado do também chef César Santos, de Pernambuco.

O Centro de Atendimento de Covid-19 do município de Bananeiras, no Brejo paraibano, suspendeu as atividades a partir desta segunda-feira (1). A unidade, que realiza atendimento a pessoas com sintomas da doença, funciona em um prédio da entrada da cidade.

Em nota divulgada pela Prefeitura, a partir desta segunda-feira (1) devido o município não registrar nem um caso ativo do vírus. A nota destaca ainda que devido o avanço da vacinação no território municipal é perceptível, o que tem possibilitado esses números positivos em relação à pandemia.

A gestão informou que toda a estrutura do Centro de Covid-19, por precaução, permanecerá instalada no prédio da entrada da cidade, caso haja necessidade das atividades serem retomadas.

Uma liminar judicial frustrou o protesto de caminhoneiros que ocorreria na manhã desta segunda-feira (1), na Paraíba, ao proibir o bloqueio das estradas federais. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF) os principais trechos das estradas estão sendo monitorados em todo o estado.

No início de hoje, não eram registrados pontos de aglomeração ou manifestação nas rodovias. Caminhoneiros. Entidades representativas da categoria organizam um protesto para hoje, com concentração na ‘Gauchinha’, em João Pessoa.

“A gente foi surpreendido às 4h da manhã com a PRF, com uma liminar da justiça federal fazendo essa proibição. Proibindo nosso direito de greve, previsto na constituição federal. A gente tem que respeitar essa decisão judicial. Estamos com nosso corpo jurídico tentando derrubar essa liminar”, explicou presidente do Sindicato dos Motoristas e Ajudantes de Entregas do Estado da Paraíba (SINDMAE/PB), Marcos Antônio.

Segundo ele, o intuito da manifestação é protestar contra o preço abusivo da Petrobras, além de acelerar a tabela mínima de frete que vem sendo negociada desde 2019, mas sem êxito.

Apesar do protesto ter sido frustrado, Marcos Antônio afirma que o trabalho continua com a conscientização do trabalhador. “Que ele tem que parar, porque o bolso não aguenta”, disse.

MaisPB

O novo decreto da Paraíba, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) neste domingo (31), permite a realização de eventos esportivos em estádios com até 50% da capacidade de público do espaço. A determinação vale por um mês, entre 1º e 30 de novembro (veja todas as medidas abaixo).

Eventos esportivos:

Ficam autorizados os eventos esportivos realizados em arenas e estádios, com limite máximo de público de até 50% da capacidade do local, distribuído em pelo menos quatro setores diferentes, estando as pessoas vacinadas e portando seus comprovantes (carteira de vacinação em papel ou digital), nos quais constem a certificação do recebimento de primeiras doses, há pelo menos 14 dias, ou de segundas doses das vacinas para Covid-19.

Também ficam autorizados os eventos esportivos realizados em ginásios, que disponham de adequada circulação natural de ar, com limite máximo de público de até 50% da capacidade do local, distribuído em pelo menos dois setores distintos, destinando-se a cada setor uma entrada exclusiva. As pessoas também devem estar vacinadas. É necessário apresentar documentos que certifiquem o recebimento de primeiras doses, há pelo menos 14 dias, ou de segundas doses das vacinas para Covid-19.

Eventos sociais e corporativos:

Fica permitida a realização de eventos sociais e corporativos, com até 50% por cento da capacidade do local.

Shows:

Fica permitida a realização de shows, com ocupação de até 20% da capacidade do local. Os frequentadores devem apresentar:

  • Testes de antígeno negativo para Covid-19 realizados até 72 horas antes dos eventos;
  • Demonstração da situação vacinal, sendo obrigatório ter recebido pelo menos uma dose há 14 dias ou duas doses (esquema vacinal completo).

Novos limites de público para eventos sociais na modalidade shows poderão acontecer, mediante alcance de cobertura vacinal de 70% da população com duas doses das vacinas e a manutenção da média móvel de 14 dias da taxa estadual de transmissibilidade do novo coronavírus menor que 1 metro.

Bares e restaurantes:

Os bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 6 h até meia-noite, com ocupação de 70% da capacidade do local. O funcionamento fora do horário estabelecido só pode acontecer com entrega em domicílio e retirada no balcão.

O horário não se aplica a restaurantes e lanchonetes e estabelecimentos que funcionem dentro de hotéis, pousadas e similares, desde que os serviços sejam prestados exclusivamente aos hóspedes com a devida comprovação dessa condição.

Os bares, restaurante e lanchonetes localizados dentro de shoppings só podem com clientes em duas dependências até 22h, com ocupação de até 70% da capacidade dos espaços.

Comércio e serviços:

Os estabelecimentos dos setores de serviços e o comércio poderão funcionar sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do segmento.

Shoppings:

As praças de alimentação dos shoppings centers e centros comerciais somente poderão funcionar com 70% da sua capacidade, cabendo à administração do estabelecimento assegurar o cumprimento do protocolo estabelecido para o setor.

Feiras:

As Prefeituras Municipais deverão ampliar as áreas destinadas as feiras livres, possibilitando o maior distanciamento entre as bancas e ampliação dos corredores de circulação de pessoas.

Construção civil

A construção civil poderá funcionar das 7 h até 17h, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

Missas e cultos:

Missas, cultos e outras cerimônias religiosas presenciais poderão acontecer com ocupação de 70% da capacidade do local.

Serviço público:

Os servidores que já tomaram a segunda dose ou dose única da vacina contra Covid-19 poderão ser convocados para retornar ao trabalho presencial, a critério dos secretários e gestores dos órgãos estaduais, devendo apresentar seus comprovantes de vacinação ao chefe imediato ou pessoa por ele indicada (carteira de vacinação em papel ou digital).

A tarde para os desportistas bananeirenses foi repleta de fortes emoções e muito futebol, a bola rolou solta no gramado do  Estádio Municipal “O Bezerrão”.

Logo no início das partidas, nossas crianças da Escolinha de Futebol acompanharam os atletas, ao som do hino nacional e de Bananeiras, após esse momento tivemos a queima dos fogos, momento marcante para quem estava dentro e fora de campo.

Na preliminar tivemos o jogo Vila Branca de Solânea Vs Botafogo PB, placar final
0x0.

Já no Master Jogo tivemos Veteranos de Bananeiras Vs Botafogo PB, placar final 1×0.

Vitória dos nossos veteranos, parabéns a todos os times, mais importante que vencer é competir de forma saudável.

Ao final das partidas o momento foi de confraternização e irmandade entre as agremiações, Silvinho do Botafogo Paraíba, presenteou o Prefeito Matheus Bezerra e o Secretário Edilson Agostinho com a camisa oficial do time, estiveram presentes representantes do Poder Legislativo Municipal, o Presidente da Casa Odon Bezerra, Vereador Antônio Marques, o Vice- Presidente, o vereador Alex Mota e o Vereador Irajá da Saúde.

A Secretaria de Esportes está empenhada na missão de reativar nosso esporte municipal, fomentando cada vez a inclusão das nossas crianças, adolescentes e jovens no meio esportivo, com certeza esse será o primeiro de muitos jogos que realizaremos em nosso município.

Assessoria